País

Escolher um gato

Muitos parabéns! Decidiu escolher um gato. Mas, qual é o tipo de gato que melhor se adequa a si? Um gato de raça pura? Com pelo comprido ou curto? Macho ou fêmea? Possivelmente até se poderá estar a perguntar se deve ter dois ou mais gatos, apenas para duplicar ou triplicar a diversão, ou até para que eles nunca se sintam sozinhos.

Tem aqui algumas dicas para facilitar a decisão da sua escolha:

De raça pura ou sem raça pura?

De uma coisa pode ter a certeza – há uma imensidão de gatos que pode escolher. Existem, sensivelmente, entre 40 a 80 raças de gatos, em mais de 500 variedades. E todos eles são diferentes – desde as raças mais populares como os Siameses, Burmeses e Persas, até aos Manx sem cauda, ou aos Sphynx canadianos sem pelo. Para além da aparência diferente, cada raça tem a sua própria personalidade e temperamento. Por exemplo, os gatos Siameses são bastante extrovertidos, enquanto que os Persas de pelo comprido são, normalmente, mais descontraídos.

Há várias formas de conhecer todas as diferentes raças. Experimente o Selecionador de Raças Whiskas e encontre a raça mais adequada ao seu estilo de vida. Pode procurar na internet ou até comprar um livro, sendo que uma boa ideia é também fazer uma visita num show de gatos – apesar de ser um sítio onde irá encontrar uma grande quantidade de gatos incríveis e adoráveis, que lhe dará vontade de levar todos para casa!

Contudo, as raças não são tudo num gato – na verdade, a maioria das pessoas em Portugal não possui um gato de raça pura. Para muitos donos de gatos, um gato doméstico é a alternativa perfeita. Estes gatos, sem raça pura, podem ter uma grande variedade de cores e tipos de pelo – sendo que também serão mais acessíveis de adquirir.

Pelo comprido ou curto?

Gatos de pelo comprido têm um aspeto magnífico. Mas lembre-se – um gato de pelo comprido precisa de escovagem e cuidados diários para que não fique com o pelo com nós. Vendo isto pelo lado positivo, uma rotina diária de escovagem é uma ótima forma de criar um relacionamento com o seu gato – e ele irá adorar toda a atenção! Se você achar que não tem disponibilidade para fazer este procedimento diariamente, um gato de pelo curto será uma escolha mais acertada.

Macho ou fêmea?

Os gatos macho são, normalmente, maiores do que as fêmeas. Se não castrar o seu gato macho, ele poderá deambular pelo seu bairro, à procura de conflitos com outros gatos. Ele também pode marcar o seu território ao libertar urina, ou a deixar a sujidade à vista. Este é um comportamento perfeitamente normal para o seu gato, mas bastante embaraçoso para si!

Se tiver uma fêmea por esterilizar, ela irá entrar no cio regularmente. Enquanto ela estiver nesse período, irá fazer muito barulho – o que a maioria dos gatos macho irá achar muito atraente! E, claro, há uma grande probabilidade de engravidar nessa altura.

Se não quiser ouvir o som de pegadas de pequenas patinhas de gatinhos, o melhor é castrar o seu gato. É um procedimento simples e que dá resultados, como poderá ver no seu gato após a operação.

Um gato apenas ou mais?

Esta pode ser uma decisão complicada – e que depende realmente sobretudo do seu gato. Alguns gatos gostam de viver com outros gatos, enquanto que também há outros que preferem passar mais tempo sozinhos – ou consigo! Se já tiver um gato adulto, provavelmente saberá o que ele prefere.

Se passa grande parte do dia fora de casa, pode querer ter dois ou mais gatos para que possam fazer companhia uns aos outros. Se for esse o caso, pense em obter gatos da mesma ninhada – os laços que formaram quando eram gatinhos recém-nascidos irão ajudar na sua relação em idade adulta.

Também é boa ideia pensar no quão grande a sua casa é. Tal como os humanos, os gatos não gostam de se sentir apertados de espaço – cada um precisa da sua privacidade. Regra geral, deve ter pelo menos uma divisão da casa para cada gato. Dessa forma, cada gato tem o seu próprio espaço para se isolar caso tenha essa intenção. Precisará também de separar a comida e a água em tigelas diferentes para cada um deles, satisfazendo assim o espírito independente dos seus amigos felinos.

Onde pode obter o seu gato?

Assim que tenha tomado a decisão de adquirir um gato, pergunte aos seus amigos e vizinhos. Alguém há de conhecer quem tenha gatos ou gatinhos para dar ou vender. Em caso contrário, tente colocar um anúncio no jornal ou pesquise online. Pode também optar por entrar em contacto com um abrigo de animais abandonados – infelizmente há muitos gatos e gatinhos nessa situação e que precisam desesperadamente de um lar.

É aconselhado evitar vendedores que adquiram os seus gatinhos de várias proveniências diferentes. Esses gatinhos podem ter sido retirados da sua mãe demasiado cedo, ou podem ter feito viagens muito longas, tendo uma maior probabilidade de contrair doenças. Se estiver a considerar comprar a partir de um vendedor, consulte primeiro um veterinário, para se assegurar da história e antepassados de saúde de um gatinho.

Se está decidido a comprar um gatinho de raça pura, a melhor coisa a fazer é dirigir-se a um criador de confiança. Irá, certamente, encontrar um ao falar com outros donos de gatos ou com um veterinário. Pode também procurar por anúncios em jornais e revistas especializadas em gatos, ou ao visitar shows de gatos. Os clubes das várias raças podem também ajudar a colocá-lo em contacto com os criadores mais confiáveis da sua zona.

O que procurar num gatinho?

Se for possível, tente ver gatinhos com a mãe deles. Dessa forma, consegue perceber o estado de saúde da mãe, bem como o seu temperamento. Embora ela possa não estar nas melhores condições, resultado dos partos e de cuidar dos filhos, você pode, pelo menos, conferir se os gatinhos não são prematuramente retirados à sua mãe ou largados em qualquer lugar.

Será melhor esperar até o seu gatinho ter, pelo menos, 7-8 semanas de idade para poder levá-lo para longe da mãe dele. Alguns criadores de gatos de raça pura gostam de manter os gatinhos até às 12 semanas de idade. Isso ajuda no processo de venda, o facto do comprador poder ver várias ninhadas antes de tomar a sua decisão. Compre apenas em locais que promovam a higiene e onde os gatos parecem estar felizes e em boas condições.
Consentimento do Cookie