País

Socorro – sou alérgico a gatos!

A forma mais simples de lidar com uma alergia a gatos é manter-se bem longe deles! Se tem um gato, ou simplesmente adora estar com gatos, não se preocupe – há muitas formas de facilitar a sua vida.

Como sei se tenho uma alergia a gatos?

Ter uma alergia a gatos é mais ou menos como ter uma constipação. Os sintomas mais comuns incluem dor ocular, espirros e, por vezes, comichão cutânea. Alguns donos não percebem que têm uma alergia, atribuindo os seus sintomas ao pó ou a um vírus.

Se os sintomas se agravarem sempre que está perto de gatos, ou se o seu gato dorme na sua cama, é possível que seja alérgico.

Qual é a causa da alergia a gatos?

Muitas pessoas pensam que têm alergia ao pelo dos gatos. As alergias são provocadas pela secreção de proteínas das glândulas dos gatos. Depois de se limparam, os gatos deixam saliva seca no pelo, que está repleta destas secreções.

O seu gato deixa cair pele seca (a que chamamos “caspa”) por toda a casa. A caspa é cinco vezes mais pequena do que as partículas de pó doméstico, por isso flutua no ar antes de assentar, fazendo com que seja fácil de inalar.

É melhor ter gatos de pelo curto do que de pelo comprido?

Não necessariamente. Na realidade, estudos comprovaram que, no que diz respeito a alergias, pode ser melhor ter um gato de pelo comprido do que de pelo curto. Qualquer raça pode provocar alergias, contudo os machos produzem mais secreções de proteínas dos que as fêmeas e os gatos esterilizados produzem menos do que os não esterilizados.

O que posso fazer para aliviar os sintomas?

Há duas causas principais para o aumento de alergénios em sua casa:

• Muitos estofos
• Manter o seu gato em casa

Se o seu gato ficar muito tempo em casa, experimente deixá-lo apenas em certas divisões – e longe da mobília! Colchões, edredons, lençóis e colchas ou mantas atraem alergénios, por isso evite deixar o seu gato dormir neste locais, por muito que ele goste de se enroscar na sua cama!

Limpar a casa ajuda?

A forma mais eficaz de lidar com os alergénios é mantendo a sua casa limpa – incluindo carpetes e alcatifas. Aspirar pode agravar o problema, uma vez que liberta alergénios para o ar. Por isso, é aconselhável usar aparelhos de limpeza a vapor – fazê-lo a cada três meses deve fazer uma grande diferença.

É bom usar colchas antialérgicas e laváveis. Lave os lenções pelo menos duas vezes por mês, a 40º ou a temperaturas superiores. E abra as janelas – o ar fresco expulsa os alergénios.

Se quiser uma solução mais radical, troque a alcatifa por pavimentos em madeira ou vinil e use mantas e colchas que possam ser lavadas regularmente.

E quanto à medicação?

Existem vários medicamentos – e vacinas – que ajudam a aliviar os sintomas de garganta arranhada e olhos lacrimejantes. Os fármacos disponíveis podem ser vendidos com ou sem receita médica, por isso fale com o seu farmacêutico ou médico de família. Seguir a medicação certa e os conselhos dos profissionais de saúde vai ajudá-lo a pegar no seu gato sempre que lhe apetecer!
Consentimento do Cookie