País

Está a pensar ter um gatinho?

Os gatinhos são adoráveis. Como não ficar apaixonado com tamanhas fofuras, cheias de carinho e de ternura? Acolher um gatinho em sua casa é apenas a primeira parte de uma jornada entusiasmante. No espaço de um ano, aquela curiosa bolinha de pelo já terá atingido o seu expoente máximo de crescimento. Portanto, antes de dar o primeiro passo, garanta que está pronto e que quer mesmo ser dono de um gato adulto. 

Posso ter outros animais de estimação em casa?

Os gatinhos são curiosos e sociais. Mas os gatos têm um espírito mais independente, portanto, quanto mais avançarem na idade, mais querem ter o seu próprio espaço – especialmente se for sossegado e acolhedor, onde se sintam seguros. Quando está a introduzir o seu novo gatinho a outros animais de estimação, leve o seu tempo e assegure-se que cada um deles tem as suas áreas de alimentação, descanso e de higiene. Se tiver, por exemplo, um gato mais velho, conte com um período de estabelecimento enquanto o habitante mais antigo se habitua ao novo morador. 

Se os seus animais de estimação não parecem fazer novas amizades não se preocupe. Os gatos nem sempre criam relações sociais muito próximas com outros animais ou com gatos de fora da sua ninhada.

Descubra mais detalhes e pormenores no nosso artigo “Apresentar outros gatos e animais”.

E se eu trabalhar durante longos períodos ou viajar muito?

Os gatinhos podem ficar angustiados se ficarem sozinhos em casa durante longos períodos de tempo. Além disso, as suas pequenas barrigas necessitam de refeições igualmente pequenas e regulares em vários períodos do dia.

Se o seu estilo de vida significa que não consegue evitar passar algum tempo fora de casa e deixar o seu gatinho sozinho, considere a adoção de um gato mais velho, que seja mais independente. Pode sempre adotar um par da mesma ninhada – dessa forma, estes gatos irão desfrutar da companhia um do outro.

Caso esteja fora de casa de forma regular, garanta que há alguém que possa tomar conta do seu gatinho durante os períodos em que você não está presente. Possivelmente tem algum vizinho que seja apaixonado por gatos, que possa alimentar e brincar com o seu gatinho todos os dias (a grande maioria dos gatos prefere a envolvência mais próxima da sua casa). Outra opção é contratar um profissional que tome conta do seu gato.

Dentro ou fora?

Todos os gatinhos devem ser mantidos em espaços interiores até estarem totalmente vacinados. A castração também é recomendada que seja feita antes da idade em que os gatos entram na puberdade. Os gatos macho que não são castrados têm uma maior probabilidade de fugir ou entrar em lutas com outros machos. As fêmeas podem engravidar logo aos 4 meses de idade, o que, geralmente, é considerado demasiado precoce. Pergunte ao veterinário sobre qual a melhor altura para castrar o seu gato.

Se a sua casa for próxima de uma estrada muito movimentada – ou se viver num apartamento ou num local que não tenha zona exterior – pode preferir, a longo prazo, manter o seu gato em espaços interiores. Mesmo que essa seja a sua opção, pode sempre permitir que o seu gato continue a apanhar ar fresco, estabelecendo uma área exterior limitada e própria para o efeito. Essas zonas normalmente incluem alguns poleiros e partes onde o seu gato pode abrigar-se do mau tempo.

Caso opte por manter o seu gato sempre dentro de casa lembre-se que um gato saudável e feliz precisa de vários estímulos. Tenha a garantia que lhe consegue dar brinquedos, arranhadores ou esteiras, acompanhando-o algum tempo nas brincadeiras todos os dias. Relembramos também que os gatos caseiros são, naturalmente, menos ativos, portanto vão necessitar de menos comida para se manterem elegantes e saudáveis.

Mas a consideração mais importante no debate interior/exterior é a personalidade do seu gatinho. Se ele tiver as suas origens numa ninhada selvagem ou semi-selvagem – ou se ele já está habituado a andar na rua – um estilo de vida caseiro pode não ser o mais acertado para ele.

Lembre-se que, seja de exterior ou caseiro, é vital manter a vacinação do seu gatinho em dia e levá-lo ao veterinário para os sempre importantes check-ups anuais.

Tenho planos para mudar de casa?

Sejam novos ou velhos, todos os gatos gostam de envolvência familiar. Portanto, mudar de casa pode ser bastante inquietante para um gatinho. Pode demorar um pouco a adaptar-se à sua nova casa, especialmente se o ambiente é bastante diferente do que ele está habituado.

Caso a mudança esteja nos seus planos num futuro próximo, pode valer a pena esperar até se instalar totalmente para adotar um gatinho. Se isso não for uma opção, não se preocupe. Apenas dê ao seu gatinho um local seguro para se instalar no novo meio, dando-lhe confiança durante o processo de mudança para que se mantenha calmo e feliz.

Compromisso financeiro?

Manter um gatinho saudável custa, sensivelmente, entre €250 e €300 anuais – custos que envolvem a alimentação, cuidados diários e veterinário.


Consentimento do Cookie