País

Cinco passos para uma vida mais longa

O seu gato pode viver durante 13 a 17 anos. Para o ajudar a ter uma vida longa e saudável, experimente realizar um exame de saúde em cinco simples passos. Ao realizar estes check-ups uma vez por mês, poderá detetar precocemente quaisquer problemas de saúde e, consequentemente, tratá-los atempadamente.

1. Peso

Para pesar o seu gato, pegue nele ao colo e suba para cima de uma balança. Subtraia o seu peso do valor total. Pode ainda verificar quaisquer alterações no peso do seu gato, colocando-se de pé, por cima dele, para ver se a sua barriga se tornou visível por detrás das costelas ou colocando as mãos sobre a parte posterior da sua cintura – deve ser possível sentir as costelas. Outra forma de identificar alterações de peso é procurando bolsas de gordura na zona das virilhas ou por baixo da barriga.

Se o seu gato tiver excesso de peso, consulte o seu veterinário. Mas há coisas que pode fazer para o ajudar a ajustar o seu peso. Evite dar-lhe biscoitos ou snacks e sirva-lhe quatro refeições pequenas por dia em vez de duas refeições maiores. Por último, estimule o seu gato a fazer exercício físico, começando com exercícios de curta duração que vão aumentando de frequência e intensidade progressivamente.

Se o seu gato tiver peso a menos – se verificar, por exemplo, que as suas costelas estão demasiado visíveis – consulte o seu veterinário.


2. Pelo e pele

Examine o pelo do seu gato – deve ser suave ao toque desde o topo da cabeça à ponta da cauda. Separe o pelo perto da cabeça e ao longo de toda a coluna para verificar se tem cortes, crostas ou pele descamada.

Em seguida, examine a base da cauda, o ânus e a barriga. Nestas zonas, o objetivo é verificar se o seu gato tem pulgas. Se tiver pulgas, a pele apresenta pontos negros. Fale com o seu veterinário sobre a melhor forma de tratamento.

Examine a cor do pelo do seu gato – deve ter brilho e vivacidade. Se o pelo estiver baço e emaranhado, pode ser sinal de doença.


3. Olhos e ouvidos

Examine os olhos do seu gato puxando as pálpebras inferiores cuidadosamente para baixo – esta zona deve ter uma cor rosa. Verifique se as pupilas têm um tamanho normal. Em seguida, coloque o seu gato junto a uma janela, abra e feche o cortinado para ver como as suas pupilas reagem à luz. Verifique se há secreções ou uma produção excessiva de lágrimas – podem ser sinais de infeção.

Examine os ouvidos do seu gato – devem estar limpos e ter uma cor rosa, mas não um rosa vivo. Os ouvidos não devem ter detritos nem uma coloração estranha. Verifique se tem cera nos ouvidos, sobretudo se tiver uma cor escura, que pode ser sinal de infeção ou ácaros.

Se o seu gato apresentar estes sinais de alerta, consulte o seu veterinário.


4. Dentes e gengivas

Examine minuciosamente a boca do seu gato. Inspecione a sua dentição, vendo se há acumulação de tártaro castanho escuro ou amarelado. Se verificar que tem tártaro, leve o seu gato ao veterinário para o remover.

Para prevenir a formação de tártaro, consulte o seu veterinário regularmente para fazer uma limpeza profunda. Continue este trabalho em casa, com uma escova e um dentífrico especialmente formulados para gatos e dando ao seu gato biscoitos ou alimentos secos formulados para combater a placa bacteriana.


5. Corpo

Verifique se o seu gato tem caroços ou inchaços na pele. Comece por colocar as suas mãos no topo da cabeça do seu gato e vá descendo para examinar o queixo e as suas patas da frente. Passe as mãos pelas suas costas, ancas e por cada uma das pernas. Examine ainda as unhas e a almofada das patas para ver se têm cortes ou gretas. Caso identifique sinais de alarme, consulte o seu veterinário.

Se tem por hábito fazer festas ao seu gato, sabe bem quando a sua pele tem um aspeto saudável e, assim, é mais fácil perceber quando algo não está bem. Com estes conselhos úteis vai ajudar o seu gato a ter a uma vida mais saudável e feliz.
Consentimento do Cookie