País

Minimizar os comportamentos agressivos

No estado selvagem, os felinos respondem de forma agressiva a qualquer ameaça e o seu gatinho não é diferente. No entanto, ele pode exibir um comportamento agressivo, mesmo quando não há motivos para se sentir ameaçado – durante as brincadeiras, por exemplo.

Lembre-se de que o seu gatinho é muito pequeno e que ainda está a descobrir o mundo à sua volta.

Se isto acontecer, não se preocupe – há várias coisas que pode fazer para serenar o mau génio do seu pequeno felino!

Usar a caixa de transporte

O seu gatinho só precisa da caixa de transporte quando tem de ir a algum lado – por exemplo, para ir ao veterinário ou ao gatil. Seja qual for a sua utilidade, é aconselhável ter a caixa de transporte sempre à vista para que o seu gato comece a reconhecê-la como parte dos seus objetos.

Experimente colocar um objeto com o cheiro dele no seu interior – como um cobertor ou um brinquedo.

Escolher a caixa de transporte certa

Estas são as principais questões que deve ponderar na altura de comprar a caixa de transporte:

• É fácil de lavar?
• É fácil colocar e retirar o seu gatinho lá de dentro?
• O seu gatinho vai sentir-se seguro na caixa?

Usar a portinhola

O seu gatinho tem um instinto natural de autoproteção e de defesa do seu território. Assim sendo, numa fase inicial, é provável que os gatos vejam as portinholas como um buraco nas “defesas” lá de casa. Cabe-lhe a si transmitir-lhe toda a confiança de que precisa para usar a portinhola sem medo.

Uma portinhola simples tem um preço acessível e é fácil de instalar.

Habituar o seu gatinho à portinhola

• Instale a portinhola à altura certa para que o seu gatinho possa entrar – geralmente cerca de 6cm acima da parte inferior da porta
• No início, deixe a portinhola ligeiramente aberta e incentive o seu gatinho a entrar com a ajuda de alimentos

Usar a caixa de areia

Tal como os seus primos felinos, o seu gatinho prefere fazer as suas necessidades num local privado. Por isso, é importante colocar a sua caixa de areia num local tranquilo e seguro, onde o seu gatinho possa fazê-lo sem ser interrompido ou observado.

Garanta que coloca a caixa de areia a alguma distância do local onde se encontra o bebedouro e o comedouro

Saber quando seu gatinho precisa de usar a caixa de areia

Vai ser necessário treinar o seu gatinho a usar a caixa de areia e pode fazê-lo de uma forma muito simples: pegue nele e coloque-o na caixa assim que perceba que o seu gatinho precisa de fazer as suas necessidades. Pode ainda colocá-lo na caixa de areia de manhã cedo, antes de se deitar ou após as refeições.

Diversão na hora das refeições

O seu gatinho adora brincar, mesmo na hora das refeições. Tornar estes momentos mais divertidos estimula o instinto de caçador dos gatos e fortalece os laços entre o gato e o dono. Eis algumas ideias para tornar as horas das refeições mais divertidas!

Atividades como esta são importantes, porque ajudam o seu gatinho a manter-se ativo, saudável e em forma.

Refeições mais divertidas

• Coloque um pouco de Whiskas® Seco Júnior numa garrafa de plástico, sem a tampa, ou faça um pequeno orifício na parte lateral para que os biscoitos caiam quando o seu gatinho brincar com a garrafa
• Coloque um pouco de ração seca num saco de papel castanho e feche o saco sem apertar
• Coloque um pouco de ração seca numa bola de alimentação

Aproveitar as brincadeiras

O seu gatinho está sempre pronto para caçar. Quando pressente a combinação perfeita de som e movimento, é difícil resistir à tentação de atacar.

As brincadeiras são uma parte essencial da sua rotina diária – sobretudo no caso de gatos que vivem exclusivamente dentro de casa.

É bom incentivar estes instintos para evitar que comece a atirar-se a si, às suas roupas e aos móveis lá de casa!  

Trazer presas para casa

Tal como os felinos no estado selvagem, o seu gatinho é um caçador formidável.

Os gatos trazem presas para casa para as matar.

Perseguir e caçar presas é uma parte natural do seu comportamento, por isso não se admire se a sua bolinha de pelo lhe trouxer um animal morto como presente.

Instintos de caçador

Tal como os grandes felinos, o seu pequeno gatinho é um caçador nato. Na verdade, o seu instinto para caçar é tão poderoso que ele irá entrar em ação mesmo quando não tem fome.

Enquanto o seu gatinho é jovem, todos os pequenos beliscões são uma verdadeira brincadeira.

Isso acontece porque, no mundo exterior, os gatos nunca sabem quando é que terão a sua próxima refeição. Tal como eles, o seu gatinho está sempre à espera, pronto para capturar uma presa.

O espírito independente do seu gatinho

Os grandes felinos confiam plenamente em si próprios para sobreviverem. O seu pequeno gatinho assemelha-se a eles. O seu instinto natural é de agir sozinho e ignorar o que os outros querem ou exigem dele.

Tome atenção ao seu gatinho para ver o que o motiva.

A visão de estrutura social e cooperação do seu gatinho é muito diferente da sua. Se quer que o seu gatinho aprenda, então tem de compreender as suas motivações.